Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Intenção de consumo em PVH aumenta 2,7% em março


A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia-FECOMÉRCIO/RO, em conjunto com a Confederação Nacional do Comércio-CNC, realizou a Pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) das famílias de Porto Velho do mês de março que apresentou um aumento da intenção de consumo de 2,7% subindo de 126,5 pontos em fevereiro para 129,9 pontos em março variando no sentido contrário à intenção de consumo das famílias brasileiras que caiu, em março, 2,5%. Entre os sete itens pesquisados somente três tiveram um desempenho positivo com o Acesso à Credito aumentando em 20,4%, a Renda Atual em 6,6% e o Nível de Consumo Atual em 5,9%. O maior destaque negativo foi o da Perspectiva de Consumo com -5,8%. O Emprego atual teve uma queda de -2,1%, a Perspectiva Profissional de -1,9% e o Momento para Duráveis -0,7%.

 

INDICE

Jan.

Fev.

 Mar.

Variação% Fev/Março

INTENÇÃO DE CONSUMO DAS FAMÍLIAS

135,0

126,5

129,9

      2,7   

  Emprego Atual

140,4

137,6

134,7

     -2,1   

  Perspectiva Profissional

126,3

156,6

153,7

     -1,9  

  Renda Atual

150,9

134,4

143,3

      6,6

  Acesso à Credito

140,6

118,1

142,2

    20,4

  Nível de Consumo Atual

122,5

  88,6

  93,8

      5,9 

  Perspectiva de Consumo

138,4

126,4

119,1

     -5,8

  Momento para Duráveis

125,7

123,7

122,8

     -0,7

Fonte: CNC/Fecomércio-Pesquisa Direta

Os dados da pesquisa de Intenção de Consumo de Porto Velho revelam que mesmo com um endividamento mais alto, por conta do maior acesso ao crédito a intenção de consumo das famílias de Porto Velho se elevou e, mesmo sendo ainda -1,7% abaixo da intenção de consumo nacional, aumentou significativamente o nível de consumo atual (5,9%) ainda que a perspectiva de consumo seja negativa em -5,8%. Assim, mesmo com uma perspectiva positiva de aumento em torno de 6% do faturamento da época de Páscoa a perspectiva empresarial é de que haja uma manutenção ou um leve aumento dos patamares de consumo atual. O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia, Raniery Araújo Coelho, considerando que a região Norte lidera o ranking regional de otimismo em relação ao futuro, acredita que “Este ano, embora começando com um ritmo relativamente insuficiente, o comércio deve ter uma aceleração a partir de maio e, nosso Departamento Econômico, trabalha com a hipótese de que o varejo deve crescer 8,5% em relação a 2012”. Ainda comentando os dados o presidente acentuou que “O fato da intenção de consumo de Porto Velho ter crescido é promissor e indica que podemos ter um ano melhor do que o esperado”.


Sobre o ICF

Os resultados do ICF são avaliados sob dois ângulos. O primeiro é o grau de satisfação e insatisfação dos consumidores. O índice abaixo de 100 pontos indica uma percepção de insatisfação, enquanto acima de 100 (com limite de 200 pontos) indica o grau de satisfação em termos de seu emprego, renda e capacidade de consumo. O segundo ângulo é o da tendência do grau de satisfação e insatisfação, por meio das variações mensais do ICF total. O ICF é composto por sete itens. Quatro deles – emprego atual, renda atual, compra a prazo e nível de consumo atual - comparam a expectativa do consumidor em relação a igual período do ano passado. Os demais itens referem-se a perspectivas de melhoria profissional para os próximos seis meses, expectativas de consumo para os próximos três meses e avaliação do momento atual quanto à aquisição de bens duráveis. As informações são obtidas a partir de 500 questionários aplicados em Porto Velho.

Fonte: Fecomércio

 

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)