Porto Velho (RO) sexta-feira, 4 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Inflação pelo IPC-S recua para 0,23% na segunda leitura de setembro


Agência O Globo SÃO PAULO - A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou na terceira leitura do mês por conta do comportamento dos preços de alimentos, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira. O índice registrou um avanço de 0,23%, ante alta de 0,30% na segunda leitura de setembro. Na sexta-feira, o IBGE também divulgou um recuo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), que mediu a inflação entre 15 de agosto e 12 de setembro. Os preços do grupo Alimentação foram os que mais contribuíram para a desaceleração do IPC-S. O grupo registrou uma alta de 0,24% em seus preços, conta avanço de 0,63% registrada na segunda leitura do mês. Frutas foram o item que se destacou no comportamento dos preços do grupo, ao apurar uma alta de apenas 0,44% depois do avanço de 5,74% na leitura anterior. Ainda assim, a FGV explicou que os preços de alimentos poderiam ter caído ainda mais, não fosse a entressafra. "Os efeitos da entressafra continuam a afetar esta classe de despesa, impedindo que a taxa se reduza de forma mais intensa", afirmou a Fundação em comunicado. Outro grupo de preços que registrou desaceleração foi o de Transportes, que passou de uma alta de 0,08 por cento para avanço de 0,04%. O álcool combustível registrou deflação de 1,71% enquanto a gasolina subiu apenas 0,15%. A terceira leitura do IPC-S de setembro foi feita com base na variação dos preços entre os dias 23 de agosto e 22 de setembro, comparando-os aos apurados entre 23 de julho e 22 de agosto.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões