Porto Velho (RO) terça-feira, 31 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Índice que reajusta aluguéis aumenta para 1,21%


Flávia Villela
Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado para reajustar aluguéis, aumentou 1,21% na primeira prévia de agosto, ante 0,95% do mesmo período de julho, segundo dados divulgados hoje (8) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Um dos componentes do IGP-M, o Índice Preços ao Produtor Amplo (IPA), que contribui com 60% da taxa global, variou 1,73% ante 1,25% no mesmo período do mês passado.

Os dois outros componentes, os índices de Preços ao Consumidor (IPC) e Nacional de Custo da Construção (INCC), sofreram redução no período. O IPC, responsável por 30% do IGP-M, variou 0,08%, enquanto no mesmo período do mês anterior havia sido 0,19%. O INCC, que reponde por 10% da taxa global, ficou em 0,39%, ante 0,79% da primeira prévia de julho.
 

Mais Sobre Economia - Nacional

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de

Coronavírus: Caixa anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

Coronavírus: Caixa anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

A CAIXA anuncia nesta quinta-feira (26) uma série de medidas para ajudar a combater o efeito do novo coronavírus na economia e reforçar a liquidez.

MEIs puxam recorde histórico de novas empresas em 2019 e Região Norte tem crescimento de 30,7%, o maior do país, revela Serasa Experian

MEIs puxam recorde histórico de novas empresas em 2019 e Região Norte tem crescimento de 30,7%, o maior do país, revela Serasa Experian

O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian registrou 3,1 milhões de novos empreendimentos em 2019, o maior número desde o início da séri

Gasolina: Petrobras espera que queda de preço chegue aos postos

Gasolina: Petrobras espera que queda de preço chegue aos postos

A Petrobras informou que, com uma nova redução de 15% a partir desta quarta-feira (25), o preço médio da gasolina nas refinarias passa a ser R$ 1,14