Porto Velho (RO) sexta-feira, 13 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Indicadores da indústria recuaram em junho


Eliane Oliveira - Agência O GloboBRASÍLIA - Os indicadores industriais de junho, divulgados nesta segunda-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostram uma queda de 3,75% do faturamento do setor em relação ao mesmo mês do ano passado. No primeiro semestre deste ano, houve uma redução das vendas de 1,49% sobre igual período de 2005. A queda se deve em grande parte à forte valorização de 15% em média do real entre os primeiros meses de 2005 e 2006. Já a redução das vendas em junho é explicada pelo menor número de dias úteis devido ao feriado de Corpus Christi e à Copa do Mundo. Ocorreram três jogos da seleção brasileira em dias úteis em junho.Por sua vez, o nível de emprego na indústria nacional teve ligeiro recuo de 0,1%, segundo o IBGE.A CNI considera positivo o cenário econômico no segundo trimestre em relação aos três primeiros meses deste ano, já que as vendas industriais aumentaram 0,39%. Foi o terceiro trimestre consecutivo de variação positiva. A CNI também constatou aumento de 1,88% das horas trabalhadas no trimestre e um aumento de 1,3% do pessoal empregado. Como a alta das horas trabalhadas não veio acompanhada do crescimento do índice de utilização da capacidade instalada, não há sinais de gargalo à oferta de produtos, ainda que a produção industrial cresça. As empresas operaram em junho com 82,3% de utilização da capacidade instalada. Trata-se do valor mensal mais alto de 2006.Em relação a junho de 2005, o pessoal empregado na indústria cresceu 1,29% e as horas trabalhadas caíram 1,15%. No primeiro semestre deste ano, o pessoal empregado cresceu 1,42%, o número de horas trabalhadas aumentou 0,66%, mas o faturamento caiu 1,49%.

Mais Sobre Economia - Nacional

Queda do “Risco Brasil + Consequências da MP Verde Amarela 2

Queda do “Risco Brasil + Consequências da MP Verde Amarela 2

*Queda do “Risco Brasil”*Medido pelo CDS (Credit Default Swap), o Risco Brasil é um dos principais indicadores de risco de crédito do mercado, sendo u

Caixa e Sebrae assinam convênio para apoiar empreendedorismo no país

Caixa e Sebrae assinam convênio para apoiar empreendedorismo no país

Com o objetivo de aproximar e facilitar o acesso dos donos de micro e pequenas empresas a soluções e serviços bancários, o Sebrae firmou nesta t

Estudo diz que teto do simples é muito alto, SIMPI contesta +  Fim do adicional de 10% do FGTS nas demissões

Estudo diz que teto do simples é muito alto, SIMPI contesta + Fim do adicional de 10% do FGTS nas demissões

ESTUDO DIZ QUE TETO DO SIMPLES É MUITO ALTO, SIMPI CONTESTAPrincipal programa de renúncia fiscal do país, o Simples Nacional distorce o conceito de mi

Sebrae e Banco do Brasil assinam acordo de cooperação para beneficiar pequenos negócios

Sebrae e Banco do Brasil assinam acordo de cooperação para beneficiar pequenos negócios

Donos de pequenos negócios receberão qualificação em educação financeira para ampliar o acesso a serviços e soluções bancárias. Nesta segunda-feira (2