Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Incentivos contribuem com aumento do setor comercial


 
Gente de Opinião
 
Além dos incentivos concedidos pelo governo estadual, o presidente da Jucer, Henrique de Souza Leite, atribui a ampliação das empresas em Rondônia à criação da Rede Nacional para Simplificação dos Registros (Redesim), que possibilitou à Jucer desburocratizar o serviço, agregando trabalhos em um só sistema nas esferas nacional, estadual e municipal. “Com a implantação do sistema, simplificamos os pedidos, que antes demoravam três meses para ser resolvidos e agora são realizados dentro de 24h”, disse.

Henrique de Souza reforçou que agora o empreendedor tem à disposição o registro, expedição do CNPJ e inscrição estadual por meio do “Kit Jucer”, não precisando ir mais a outros órgãos. Esse trabalho é facilitado porque integram também a Redesim a Receita Federal, a Secretaria de Estado de Finanças (Sefin), Corpo de Bombeiros Militar, Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa), Sebrae, Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e as prefeituras, por meio das Secretarias de Fazenda, Meio Ambiente, de Regularização Fundiária e de Saúde, incluindo a Vigilância Sanitária. Ele destacou a parceria com a Agência Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que permite o envio da documentação necessária exclusivamente à Junta Comercial.

Com a descentralização, ainda de acordo com Henrique de Souza, pelo menos 11 municípios já foram beneficiados com a instalação de uma Representação da Jucer, que são Ariquemes, Ji-Paraná, Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, São Miguel do Guaporé, Cerejeiras, Colorado do Oeste, Guajará-Mirim, Jaru e Buritis. O critério utilizado para a instalação foi a quantidade de empreendimentos registrados nos últimos anos. 

Das empresas abertas em todo o Estado nesses três anos, apenas 533 fecharam as portas antes do previsto, percentual que o presidente da Jucer considera insignificante, tendo em vista que as que se mantêm superam as expectativas. Henrique de Souza não soube precisar o ramo de negócios mais procurado, “pois é comum o empresário no ato do cadastro informar a exploração de vários ramos de atividades, mas na prática exerce apenas um”.

Fonte: Marcos Freire /  Decom

 

Mais Sobre Economia - Nacional

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is