Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Inadimplência no comércio varejista cresceu 1,9% em 2012


Stênio Ribeiro
Agência Brasil

Brasília – A inadimplência do consumidor brasileiro aumentou 1,12% no mês de dezembro, em relação a igual mês de 2011, embora tenha caído 0,91% na comparação com o mês imediatamente anterior. No acumulado do ano, porém, a inadimplência cresceu 1,9% no comércio varejista, ante 2011. Ainda assim, o resultado está abaixo do avanço de 5,34% no índice de inadimplência de 2011 sobre 2010.

Os dados são de pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC-Brasil) e da Confederação Nacional dos Diretores Lojistas (CNDL) divulgada hoje (9). Segundo a economista Ana Paula Bastos, do SPC-Brasil, o nível de inadimplência “não chega a ser preocupante”, uma vez que a taxa de desemprego no país está no menor nível histórico e os ganhos salariais têm crescido acima da inflação. Para ela, isso assegura ao consumidor maior controle sobre o orçamento pessoal e aumenta a capacidade de quitar os débitos.

De acordo com avaliação técnica da pesquisa CNDL/SPC Brasil, as vendas do comércio varejista cresceram 8,27% no mês de dezembro, em relação a igual mês de 2011, e o aumento sobre novembro chegou a 33,42%, por causa das compras para o Natal. De modo geral, 2012 foi positivo para o comércio, que registrou expansão de 6,75% nas vendas totais, segundo Ana Paula.

A economista do SPC-Brasil está otimista também quanto à possibilidade de as vendas continuarem em alta neste ano, apesar da retirada gradativa do subsídio fiscal às compras de automóveis e eletrodomésticos. Para compensar o fim dos incentivos, ela acredita que as taxas de juros bancários devem diminuir mais um pouco no decorrer do ano, acompanhadas por melhores condições de prazo na concessão de crédito. Com o cenário favorável à reativação da atividade econômica, ela projeta aumento de 6,5% para as vendas em 2013.
 

Gente de OpiniãoSábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)