Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Inadimplência das empresas cai em dezembro


Marli Moreira
Agência Brasil

São Paulo - O nível de inadimplência das empresas apresentou queda de 4,9% em dezembro na comparação com mês anterior. Em relação a dezembro de 2011, houve decréscimo de 0,7%. No acumulado de 2012, no entanto, a taxa teve alta de 10,4%, acima do aumento verificado em 2011 (9,8%).

Os dados são da pesquisa mensal da empresa de consultoria Serasa Experian. Na análise dos economistas da entidade, os consumidores tiveram maior dificuldade para honrar os compromissos, o que se refletiu no caixa das empresas. Segundo a Serasa, o crescimento da inadimplência também resulta da menor capacidade de geração de receitas, em um cenário de baixa atividade.

De acordo com os analistas, com menos dinheiro, aumentaram as dificuldades para pagar empréstimos e fornecedores. Além disso, eles observaram que os custos de produção sofreram o impacto da inflação.

As dívidas não bancárias (com cartões de crédito e financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e água), que representam o maior peso na composição da inadimplência, apresentaram um valor médio de R$ 760,96, com alta de 2,3% em 2012, ante 2011.

Já os débitos com bancos, com valor médio de R$ 5.250,10, cresceram 1,6%. Os títulos protestados, com valor de R$ 1.954,82, em média, tiveram expansão de 8,4%. Os cheques sem fundos, com valor médio de R$ 2.347,49, aumentaram 12,3%.
 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)