Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Implantação da NF Eletrônica poderá aumentar receita


Em entrevista ao programa Fala Rondônia, da Rede TV, na segunda-feira (08), o prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif, respondeu às diversas perguntas encaminhadas à produção por telespectadores. Uma delas foi em relação aos planos da administração municipal para a rodoviária de Porto Velho. “Eu creio que a maior parte das pessoas não sabe, mas a rodoviária de Porto Velho não pertence ao município.
Há uma lei estadual que vincula as rodoviárias dos 52 municípios de Rondônia aos patrimônios que estão sob a responsabilidade do Governo Estadual. Nós defendemos a ideia de que o Governo do Estado deveria repassar às prefeituras a responsabilidade das rodoviárias”, explicou Nazif.

Segundo as proposições da administração municipal, a nova rodoviária deveria ser construída entre as imediações do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) e o bairro Ulisses Guimarães, enquanto a área da atual rodoviária deveria ser transformada em ponto de integração para o transporte urbano.

Mauro destacou ainda as dificuldades com a receita municipal. Nazif explicou que o comprometimento da folha de pagamento dos funcionários municipal cresceu 2% além do que prevê a Lei de Responsabilidade fiscal por causa dos quinquênios que voltaram com a gestão anterior, mas que somente passaram a ser pagos na gestão atual.

“Assim, uma pergunta tem sido feita agora: como fazer crescer a receita sem demitir e nem aumentar impostos? O que temos discutido com a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) é que um desses meios deve ser pela Nota Fiscal Eletrônica. Ela pode fazer nossa receita aumentar, à medida que os impostos das empresas sejam pagos de forma correta.

De qualquer forma, uma coisa que estamos pedindo à população é que peçam que se coloque o CPF nas notas fiscais nos momentos em que fazem suas compras, assim, todos contribuem para a arrecadação do município. E é preciso também explicar que isso em nada vai alterar os impostos que as pessoas já pagam, em nenhum sentido elas serão afetadas, apenas passarão a contribuir melhor com a receita municipal”, enfatizou o prefeito.

Fonte: Renato Menghi
 

Gente de OpiniãoSábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)