Porto Velho (RO) sexta-feira, 26 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

IGP-M teve variação de 0,19% na primeira prévia do mês


Agência O GloboRIO - A inflação medida pelo Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) na primeira semana de outubro apresentou variação de 0,19%, segundo anunciou nesta quarta-feira a Fundação Getúlio Vargas. No ano, o indicador acumula variação positiva de 2,44% e em 12 meses, de 2,85%.Dois dos três indicadores que compõem o IGP-M apresentaram avanço em suas taxas:O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) passou de -0,01% para 0,04% no período, enquanto o Índice Nacional do Custo da Construção subiu de 0,06% para 0,15%. O Índice de Preços no Atacado, por sua vez, recuou de 0,31% para 0,25%.

Mais Sobre Economia - Nacional

10 direitos dos trabalhadores em caso de demissões depois da reforma trabalhista

10 direitos dos trabalhadores em caso de demissões depois da reforma trabalhista

Apesar da economia já apresentar melhoras, ainda é grande o temor de muitos trabalhadores em relação a possibilidade de serem os próximos demitidos e

Obrigações do MEI - Empréstimo para MEI: Linhas de crédito disponíveis - eSocial começa a receber informações do MEI

Obrigações do MEI - Empréstimo para MEI: Linhas de crédito disponíveis - eSocial começa a receber informações do MEI

*Obrigações do MEI* O Microempreendedor Individual (MEI) é um enquadramento empresarial previsto no SIMPLES Nacional e, por isso, fica isento dos trib

Economia: LDO de 2020 não prevê concursos nem reajuste para servidores

Economia: LDO de 2020 não prevê concursos nem reajuste para servidores

A proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, apresentada hoje (15) pelo Ministério da Economia, não prevê concursos não autorizados ne

Equipe econômica do governo Bolsonaro propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

Equipe econômica do governo Bolsonaro propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,