Porto Velho (RO) quarta-feira, 15 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

IGP-M desacelera e abre o mês em alta de 0,18%


Agência O GloboSÃO PAULO - O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) abriu o mês com alta de 0,18 por cento, uma desaceleração frente ao fechamento de novembro, quando o índice apurou uma inflação de 0,75 por cento, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.A primeira leitura do IGP-M de dezembro compreende o intervalo entre os dias 21 e 30 de novembro.O Índice de Preços por Atacado (IPA) subiu 0,23 por cento na primeira prévia de dezembro, depois de ter fechado o mês passado em alta de 1,02 por cento.O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), por sua vez, teve alta de 0,03 por cento no período, ante avanço de 0,27 por cento em novembro.Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,26 por cento na primeira leitura de dezembro, seguindo o aumento de 0,23 por cento em novembro.No ano, o IGP-M acumula alta de 3,69 por cento, mesma variação acumulada nos últimos 12 meses.Na sexta-feira, foi divulgado o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), índice de inflação oficial do governo, que acumula 2,65% de alta até novembro.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t