Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

IBGE revisa queda da produção industrial em 2012


Vitor Abdala
Agência Brasil

Rio de Janeiro – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o resultado da produção industrial em 2012. Inicialmente, o instituto divulgou que a indústria havia tido queda de 2,7% na produção no ano passado. Hoje (7) o resultado foi revisado para uma retração de 2,6%.

A revisão também afetou o mês de dezembro. Se antes o IBGE informou que o setor havia ficado estagnado entre novembro e dezembro, com a revisão, a indústria apresentou crescimento de 0,2% no período.

Segundo o IBGE, revisões são rotineiras e ocorrem sempre quando há uma nova divulgação da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física. Isso porque muitas vezes algumas informações prestadas pelas indústrias chegam com atraso ao instituto.
 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de