Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Horário de verão chega ao fim à meia-noite de hoje



Alex Rodrigues
Agência Brasil
 

Brasília - A partir da meia-noite de hoje (14), moradores das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar os relógios em uma hora. Pelos cálculos do Ministério de Minas e Energias, o fim do horário de verão significa uma mudança na rotina de cerca de 123 milhões de moradores dos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo, do Rio de Janeiro, Espírito Santo, de Minas Gerais, Goiás, do Distrito Federal, de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Em vigor desde o dia 18 de outubro, a medida permitiu ao país economizar cerca de R$ 4 bilhões, conforme divulgou o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. De acordo com dados preliminares do Operador Nacional do Sistema (ONS), a redução da demanda por energia elétrica no horário de pico, das 18h às 20h, foi da ordem de 2 mil megawatts – sendo 1,5 mil megawatts nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste e 500 megawatts no Sul – o que representa uma diminuição entre 4% e 5% da demanda.

Em decreto publicado em setembro de 2008, o governo federal estabeleceu data fixa para o horário de verão já a partir desta edição, com início à zero hora do terceiro domingo de outubro e término à zero hora do terceiro domingo de fevereiro de cada ano. Se o dia do encerramento coincidir com o domingo de carnaval, o horário só deverá ser alterado no domingo seguinte.

Além de contribuir para evitar o aumento das tarifas, a medida, segundo o ministério, serve para aumentar a segurança e a confiabilidade operacional do sistema elétrico brasileiro durante os horários de pico, evitando o colapso do sistema e reduzindo assim a necessidade de investimentos contingenciais nos sistemas de geração e de transmissão de energia elétrica.

Os resultados finais do horário de verão devem ser divulgados na próxima reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), prevista para a primeira quinzena de março.


 

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)