Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Governo espera acomodação do câmbio e ainda não estuda novas medidas


 
Daniel Lima

Agência Brasil,
Brasília - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, garantiu há pouco que, por enquanto, não vê necessidade de novas medidas na área cambial. Segundo ele, o governo continuará avaliando e observando o mercado. “Não vejo necessidade de novas medidas neste momento. Mas a qualquer momento [mais ações podem ser adotadas], sabe como é que é. Também não é bom ficar mexendo toda a hora no câmbio. Vamos deixá-lo [câmbio] se acomodar”, disse Mantega, antes de deixar o Ministério da Fazenda e seguir para o Palácio do Planalto, onde terá uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Sobre a queda do dólar registrada na manhã de hoje (17), o ministro considera a mudança insignificante. Na avaliação dele, a moeda norte-americana vem se mantendo em um patamar razoável. Mantega lembrou que o problema agora vem ocorrendo em função da crise na Irlanda e consequentemente na zona do euro.

“De qualquer forma, mostra que as medidas que nós tomamos se mostraram eficazes e o real é uma das moedas que menos têm se valorizado ante o dólar. Portanto, está dando certo.”

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)