Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

FIMCA destaca curso de turismo ambiental


No segundo semestre de 2007 a direção das Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA juntamente com a coordenação do Curso de Turismo implantou o Projeto social Sinapse cuja finalidade é oferecer a comunidade de Porto Velho cursos de atualização para concurso público e pré-vestibular.

As aulas que acontecem aos sábados pela manhã e tarde, contaram com a participação do professor Carlos André (Matemática) e professora Edna (Português), ambos docentes da Instituição. De acordo com o coordenador do Curso de Turismo Ambiental, professor José Marques, a proposta para o primeiro semestre de 2008 é adicionar mais disciplinas ao projeto como História, Geografia, línguas estrangeiras e direito.

O projeto iniciou com a participação de cento e quarenta alunos e este ano o objetivo é atender mais duzentos que terão, assim como a primeira turma, estes alunos também não terão de pagar nenhuma taxa sendo que o curso oferecido é gratuito.

“A iniciativa da direção da FIMCA”, afirma José Marques, “dá oportunidade àquelas pessoas que têm pouco ou nenhum acesso ao ensino superior. Com isso a FIMCA ameniza a desigualdade social em relação ao desemprego em nossa cidade, oferecendo aos interessados qualificação”.

Marques destaca que o incentivo da direção da FIMCA tem sido primordial para a implantação e o sucesso do projeto. “Os diretores da FIMCA sensibilizados apoiaram cem por cento o projeto e têm feito de tudo, inclusive disponibilizando transporte para que os alunos assistam às aulas que acontecem na Faculdade”.

O coordenador aproveitou para falar sobre as novidades do Curso de Turismo da FIMCA que forma sua primeira turma neste semestre. A grade passou por mudanças. O Curso que antes tinha duração de quatro agora é de três anos para atender melhor a expectativa do mercado de trabalho local como, por exemplo, a inauguração de dois shoppings e a construção da usinas. “Muitas empresas da área de serviços e de hospedagem estão crescendo e vão precisar de profissionais qualificados”, finalizou.

Fonte: FIMCA

Gente de OpiniãoSexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)