Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Fiesp revisa crescimento do PIB em 2007 para 4%


Agência O Globo SÃO PAULO - A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) elevou de 3% a 3,5% para 4% sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2007. No entanto, a nova estimativa não reflete uma melhoria no cenário econômico, mas apenas uma adequação à nova metodologia do cálculo do PIB do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Fiesp, o setor de construção civil deve ser o grande destaque do ano, com aumento estimado em 5,4%. "A construção demonstra vigor e carrega outros setores que agregam valor a ele na cadeia produtiva", afirmou o diretor do Departamento de Economia da entidade, Ferres Abujamra. No calendário passado, o setor de construção civil registrou avanço de 4,6%. O segmento de serviços, que cresceu 3,7% em 2006, também se sobressairá, conforme a Fiesp, que projeta um incremento de 4,1% para ele. Já a agropecuária deverá expandir-se 5,2% em 2007 contra alta de 4,1% nos 12 meses anteriores. Quanto à indústria, a entidade estima elevação de 3,7% neste ano frente aos 2,8% de 2006. A participação da indústria na formação do PIB total deverá ficar em 1,1 ponto percentual, patamar considerado "limitado" pela Fiesp. O setor de serviços deverá contribuir com 2,6 pontos enquanto a agropecuária terá participação de 0,3 ponto. A Fiesp notou que o crescimento das importações, estimado em 18,5% para este ano, deverá tirar 2,2 pontos percentuais do PIB brasileiro total. (Murillo Camarotto | Valor Online)

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)