Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Fazenda reestima em R$ 91,5 bilhões desonerações para o ano que vem


Daniel Lima*

Brasília – As desonerações para aquecer a economia e enfrentar a crise foram reestimadas pelo Ministério da Fazenda para R$ 91,5 bilhões em 2014. Neste ano, são R$ 72,1 bilhões em redução de impostos. Os números foram apresentados hoje (10) pelo secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, durante o sétimo balanço do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2).

Para Holland, o investimento na economia brasileira é sustentável. “Todos [os levantamentos] têm mostrado que o investimento, de forma geral, tem tido comportamento diferente da média geral do resto do mundo e crescido consistentemente”, destacou.

Para embasar sua avaliação, o secretário citou dados de produção de bens de capital, que ficou em 24,4% em abril em comparação ao mesmo período do ano passado. Para ele, são dados que mostram um segundo trimestre “que vem muito bem”. “Não temos dados observados de maio, mas temos sondagens diversas indicando que continuamos nessa trajetória, o que é muito bom. E o Brasil deve mostrar mais uma vez, em 2013, crescimento dos investimentos superior ao crescimento econômico.”

Holland comentou também a avaliação da agência de classificação de risco Stand & Poor's, que reduziu a nota do Brasil para uma perspectiva negativa. “Não analisamos o documento como um todo, mas, nele, a agência tem um processo de dois anos de avaliação. Nesse intervalo de tempo, conseguiremos demonstrar com muita tranquilidade que o crescimento brasileiro segue firme e que os investimentos seguem bem”, disse ele.

*Colaboraram Danilo Macedo e Pedro Peduzzi
Edição: Nádia Franco

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de