Porto Velho (RO) sábado, 15 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Exportações brasileiras para países árabes cresceram 20% até agosto


Agência O Globo RIO - Segundo informações divulgadas nesta segunda-feira pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira, as exportações do Brasil para os países árabes alcançaram US$648,8 milhões em agosto deste ano, o que representa um novo recorde. No acumulado do ano, os embarques brasileiros para a região renderam US$3,96 bilhões, um aumento de 20% em comparação aos oito primeiros meses do ano passado. - Esse resultado confirma a consolidação do mercado árabe que, mês a mês vem batendo recordes e que neste último agosto superou as marcas de agosto de 2005, até então considerado o melhor mês da história das exportações brasileiras para os árabes - destacou o presidente da Câmara Árabe, Antonio Sarkis Junior. No topo da lista dos países que mais compraram do Brasil em agosto está o Egito, seguido dos Emirados Árabes Unidos, da Arábia Saudita, do Marrocos e da Argélia. As importações de produtos dos países árabes nesses primeiros oito meses, chegaram a US$3,84 bilhões, um aumento de 10% em comparação ao mesmo período do ano passado. Agora em agosto elas somaram US.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões