Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Exportação brasileira de couro cresce 36% de janeiro a abril


Liana Melo, Agência O Globo RIO - Economia - As exportações brasileiras de couros cresceram 36% no primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2006, aumentando de US$ 543,32 milhões para US$ 740,36 milhões, segundo dados elaborados pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB). Em volume, os embarques aumentaram 10% em comparação aos quatro meses do ano passado. Os principais destinos do couro brasileiro em receita entre janeiro e abril foram a Itália (participação de 29,95 % e crescimento de 53% ante 2006), China (participação de 22,57% e elevação de 63%) e Hong Kong (10,61% e diminuição de 8%). Estados Unidos, Vietnã, Indonésia, Coréia do Sul e Tailândia foram outros mercados importantes para o produto nacional. As vendas externas para o Vietnã cresceram 88% no período, saindo de US$ 9,27 milhões para US$ 18,36 milhões. O acumulado do quadrimestre também registrou aumento nas vendas para outros países que não são importadores tradicionais do couro brasileiro, como é o caso do México (expansão de 208%, de US$ 3,31 milhões para US$ 10,22 milhões) e da República Dominicana (aumento de 300%, saindo de US$ 620,96 mil para US$ 2,48 milhões). A Alemanha, por exemplo, elevou suas compras em 79%, de US$ 5,41 milhões para US$ 9,67 milhões. Os embarques para Cingapura expandiram 680%, saindo de US$ 668,34 mil para US$ 5,21 milhões, enquanto as exportações para a Romênia aumentaram 313%, saindo de US$ 238 mil para US$ 983,46 mil. Segundo o balanço dos embarques de couros de janeiro a abril de 2007 ante o acumulado anterior, São Paulo detém a liderança estadual (participação de 34,52% e crescimento de 47%), seguido pelo Rio Grande do Sul (participação de 24,56% e aumento de 23%), Mato Grosso do Sul (6,72% e expansão de 45%) e Paraná (6,68% e elevação de 55%). Os demais estados são Ceará, Goiás, Bahia e Minas Gerais.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)