Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Evandro Padovani: futuro está no campo


Ao participar do programa Campo e Lavoura, apresentado pelo jornalista, José Luiz Alves, na rádio Transamazônica, que foi ao ar das 5h às 6h, no sábado (19), Padovani sustentou que as metas traçadas pelo governador Confúcio Moura incentivando a agricultura familiar e as parcerias entre os demais setores produtivos no campo estão sendo implementadas.

Ele citou como exemplo positivo a importância das parcerias com o Sebrae, Emater e Senar para adequar e preparar com cursos de capacitação 2.200 trabalhadores rurais em 2012 e 2013, com investimento superior a R$ 1 milhão, por meio dos Programas Negócio Certo Rural e “Empreendedor Rural.

A proposta de Evandro Padovani é de incentivar o cooperativismo e associativismo na área rural realizando um “diagnóstico” da produção com metodologia moderna para mapear o Estado diversificando as culturas de cada região para agregar mais valores ao homem do campo e suas famílias. Buscar parcerias com os Bancos do Brasil e da Amazônia, além das cooperativas de créditos, visando reduzir os juros beneficiando os produtores rurais, também faz parte das propostas.

Novas experiências

O secretário Evandro Padovani também apresentou um relato sobre a viagem a Belo horizonte (MG), na semana passada, a convite do presidente do Sebrae-Rondônia, Pedro Teixeira, que contou com a presença de Francisco Pereira Cabral, presidente da Faperon, a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia. Os representantes de Rondônia reuniram-se na Capital mineira com Roberto Simões, presidente nacional do Sebrae e presidente da Federação de Agricultura de Minas Gerais (Faemg). Eles ainda conheceram o trabalho desenvolvido por Marcos Antônio dos Reis, que apresentou vários programas sobre o café em Minas Gerais para alavancar o desenvolvimento e o comércio desse produto no Estado mineiro. “Essa troca de conhecimento, inclusive com a possibilidade de futuros intercâmbios com o Estado de Rondônia, foi muito importante na área do café e leite”, afirmou o secretário.

Do secretário de Agricultura de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, os representantes de Rondônia receberam convite para participar da Conferência Internacional do Café, no mês de setembro, em data ainda a ser agendada. Padovani observou que em Minas funciona de fato a politica do café com leite conhecida até fora das fronteiras do território nacional.

Realidade local

Evandro Padovani, com o apoio do governador Confúcio Moura, além de preservar no Estado a politica do café com leite, revitalizando os cafezais e aumentando a produção de leite, vai ampliar o leque no setor produtivo, tendo os técnicos da Emater como parceiros para incentivar as agroindústrias e criação de pequenos animais nas pequenas propriedades rurais. Finalizando, o secretário anunciou para o mês de fevereiro, em data a ser confirmada, “Encontro sobre Cafeicultura”, na cidade de Cacoal.

Fonte: José Luiz Alves

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de