Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Empregos estão em jogo com dólar seguindo ladeira abaixo


Valéria Maniero, Agência O Globo RIO - A queda do dólar interfere não só nos preços de produtos importados. Os setores têxtil e de calçados, que dependem das exportações, podem ser prejudicados com a valorização do real e, na chiadeira, informam que o ritmo de demissões deve crescer. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), a crise já é antiga: o número de empregos na fabricação de sapatos caiu de 312 mil, em 2004, para 290 mil, no ano seguinte. - Se não conseguirmos vender o que estava previsto, as demissões podem ocorrer em setembro, na fase de produção dos calçados. Estamos apreensivos. O mercado vai dizer o número de demissões - afirmou o vice-presidente da Abicalçados, Ricardo Wirth. A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) também prevê problemas. Segundo a instituição, o setor hoje gera 1,6 milhão de empregos, quadro que pode mudar, se o dólar continuar como está. - Duzentos e oitenta mil demissões podem ocorrer em 2007, número maior do que o acumulado nos últimos três anos, que foi de 260 mil - afirmou Rafael Cervone, conselheiro da Abit.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)