Porto Velho (RO) domingo, 29 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Empregos crescem no comércio e recuam na indústria


Luciana Lima
Agência Brasil

Brasília - Os setores do comércio e de serviços foram os que registraram aumento na criação de vagas em novembro deste ano, mas não conseguiram segurar a queda de 69% no ritmo de criação de empregos em relação ao mesmo mês do ano passado. O comércio gerou 107.920 postos, alta de 1,3%, e o setor de serviços criou 53.999 postos, crescimento de 0,36%, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje (20).

A industrial, agricultura e a construção civil, no entanto, apresentaram retração. Tiveram desempenho negativo os setores da indústria de transformação, com redução de 54.306 postos (-0,65%), a agricultura perdeu 42.297 postos (-2,55%) e a construção civil, 22.789 postos (-0,82%). O setor de serviços industriais de utilidade pública sofreu perda de 171 vagas (-0,04%).

Para o ministro do Trabalho, Paulo Roberto dos Santos Pinto, essas perdas foram provocadas por fatores climáticos e, principalmente, conjunturais. "Esse comportamento pode ser justificado, em parte, pela presença de fatores sazonais, como também, conjunturais, em razão da repercussão dos efeitos da crise internacional.”

Os dados do Caged foram divulgados hoje (20), pelo Ministério do Trabalho e emprego. O Brasil gerou 42.735 vagas de empregos formais, número 69% menor que o volume de empregos gerados em novembro de 2010, quando foram criados 138.247 empregos. Houve queda também em relação ao mês anterior. Em outubro, foram geradas 126 mil vagas.

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, o Caged mostrou a criação de 2,3 milhões de postos de trabalho. O desempenho é menor que o mesmo período de 2010, quando foram abertos 2,9 milhões de postos.
 

Mais Sobre Economia - Nacional

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de

Coronavírus: Caixa anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

Coronavírus: Caixa anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

A CAIXA anuncia nesta quinta-feira (26) uma série de medidas para ajudar a combater o efeito do novo coronavírus na economia e reforçar a liquidez.

MEIs puxam recorde histórico de novas empresas em 2019 e Região Norte tem crescimento de 30,7%, o maior do país, revela Serasa Experian

MEIs puxam recorde histórico de novas empresas em 2019 e Região Norte tem crescimento de 30,7%, o maior do país, revela Serasa Experian

O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian registrou 3,1 milhões de novos empreendimentos em 2019, o maior número desde o início da séri

Gasolina: Petrobras espera que queda de preço chegue aos postos

Gasolina: Petrobras espera que queda de preço chegue aos postos

A Petrobras informou que, com uma nova redução de 15% a partir desta quarta-feira (25), o preço médio da gasolina nas refinarias passa a ser R$ 1,14