Porto Velho (RO) sábado, 4 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Empreendedores individuais chegarão à marca de 1 milhão



Lourenço Canuto
Agência Brasil

Brasília –  Ele avalia que "isso mostra que houve mobilização muito expressiva dos setores que trabalharam em conjunto, para trazer à tona o microempreendedor individual, que passou a ser conhecido e a integrar a Previdência Social".

O ministério promoverá, em junho e em outubro, uma semana dedicada ao empreendedor individual para incentivá-lo a aderir ao programa. Diversos ministérios e entidades da sociedade civil participam das promoções ligadas aos empreendimentos individuais, que conta com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Instituições como o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), apoiam os empreendimentos individuais com a oferta de linhas de crédito.

Em 2009, o BNB destinou R$ 1,5 bilhão para o segmento, nos nove estados da região, beneficiando mais de 528,7 mil empreendedores. Em 2010, o número subiu para 737,8 mil empreendedores, que tomaram emprestados R$ 2,1 bilhões. A Caixa Econômica Federal conta com mais de 178 mil empreendedores individuais aptos a financiamentos, que podem chegar a até R$ 15 mil, com juros de 6,75% ao ano.

O BB faz financiamentos em até 50 meses, com carência inicial de 59 dias para início do pagamento das mensalidades. Atualmente, o banco oficial tem 30 mil clientes empreendedores individuais e dispõe de crédito de R$ 126 milhões para o segmento. Já o BNDES apoia a atividade do microcrédito por meio de apoio a bancos comerciais, oferecendo formação dos agentes de crédito para atuarem apoiando empreendedores individuais.

Quem quiser se inscrever para se formalizar e concorrer às linhas de crédito do programa, basta entrar no Portal do Empreendedor. Está enquadrado na categoria o profissional que trabalha por conta própria e tem rendimento bruto anual de até R$ 36.000. O empreendedor individual não pode ter sócio ou ser dono de qualquer outra empresa e é permitido a ele ter apenas um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

O empreendedor individual formalizado tem direito a benefícios da Previdência Social e é enquadrado no Simples Nacional, além de não ser obrigado a pagar tributos federais.


 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de