Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Embrapa lança quatro cultivares de algodão RR Flex


O diretor-executivo de Pesquisa & Desenvolvimento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ladislau Martin Neto, lançou, no dia 04 de setembro, em Brasília, DF, as primeiras cultivares de algodão transgênico da Embrapa com tecnologia RR Flex, de tolerância ao herbicida glifosato. As cultivares BRS 368RF, BRS 369RF, BRS 370RF e BRS 371RF foram desenvolvidas pela Embrapa Algodão (Campina Grande, PB) e estarão sendo comercializadas no mercado sob a coordenação da Embrapa Produtos e Mercado (Brasília, DF).

A solenidade de lançamento foi realizada durante o 9º Congresso Brasileiro de Algodão, realizado entre os dias 3 e 6 de setembro. Participaram do lançamento, além do diretor-executivo da Embrapa, o gerente-geral da Embrapa Produtos e Mercado, Frederico Ozanan Machado Durães, a chefe-geral interina da Embrapa Algodão, Maria Auxiliadora Lemos Barros, o gerente de marketing da Monsanto, André L’’Buran, o presidente da Fundação Bahia, Clóvis Ceolin, e o presidente em exercício da Fundação Goiás, Américo Vaz de Lima Filho.

A importância das parcerias entre os setores público e privado para o melhoramento de cultivares no Brasil foi lembrada por todos os participantes do evento. Ladislau Martin Neto ressaltou a necessidade de formação de mais arranjos entre as instituições de pesquisa nacionais que aumentem o potencial do agronegócio brasileiro, o que, para ele, exige cada vez mais de cada um dos elos que participam dessa cadeia tão importante para o país e para a sociedade brasileira.

Martin Neto acrescentou que existem “muitas outras possibilidades à frente de agregação de valor, de exploração sustentável da biodiversidade, fazendo com que o Brasil venha a se constituir em uma potência agrícola e energética, baseada em energia renovável, e também uma potência ambiental, integrando o manejo integrado de pragas, de controle biológico, e a conservação das reservas naturais, tendo, com isso, maior condição de negociação, e transitando na seara internacional com toda nossa magnitude”.

O diretor-executivo da Embrapa rendeu, ainda, homenagem ao pesquisador Napoleão Beltrão, chefe-geral da Embrapa Algodão falecido recentemente. Homenagem esta também prestada no dia anterior, durante a abertura, por todos os participantes do Congresso.

Frederico Durães discursou sobre a importância da união estratégica do saber científico com o saber de indústria, como a que é feita pela Embrapa Produtos e Mercado, gerando para o país um saber negocial, de forma a construir uma agenda única em defesa do produtor, da agricultura e do agronegócio nacional.

O evento de lançamento também contou com a apresentação técnica sobre as cultivares RF pelo pesquisador Camilo Lelis Monello, responsável pela pesquisa de melhoramento das cultivares, e sobre a tecnologia RR Flex, pelo representante da Monsanto, André L’’Buran. O trabalho dos consultores na avaliação das cultivares foi demonstrado aos participantes do evento pelo Milton Akio Ide, da Ide Consultoria Agrícola.


Cultivares RR Flex

As quatro cultivares lançadas pela Embrapa têm em comum a tolerância ao herbicida glifosato, segunda geração de eventos com a característica Roundup Ready Flex, pertencente a Monsanto, que oferece ainda a flexibilidade de aplicação do herbicida nos diferentes estádios de desenvolvimento do algodoeiro.

As cultivares produzem fibras de padrão de comprimento médio, entre 29 e 31 mm; com resistência em torno de 30 gf/tex e micronaire entre 3,8 a 4,3, que atingem os padrões de exigência das indústrias. Para os cultivos em primeira safra, as produtividades médias esperadas são acima de 4.500 kg/ha de algodão com caroço, com percentual de pluma em torno de 40 %. Para o cultivo em segunda safra, as produtividades médias esperadas são acima de 3.300 kg/ha de algodão com caroço, com percentual de pluma em torno de 38 %.

A Embrapa Produtos e Mercado já disponibilizará as sementes das novas cultivares no mercado na próxima safra, por meio de seus licenciados das Fundações Goiás e Bahia.

Para saber mais sobre as cultivares e onde encontrar sementes, acesse a página: www.embrapa.br/cultivares.


Fonte: Jurema Iara Campos - MSc em Agronegócios

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)