Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Emater abre as portas para Plano Safra 2013/2014


O Banco do Brasil lançou em Rondônia, ontem dia 1.º de julho, o Plano Safra 2013/2014. A solenidade foi realizada no auditório do escritório central da Emater, em Porto Velho, com a participação de autoridades dos diversos segmentos da agropecuária rondoniense. Dentre as novidades está a destinação de mais recursos para a agricultura familiar.

O Plano Safra 2013/2104 foi lançado oficialmente pela presidente Dilma Rousseff, em Brasília, no início do mês de junho, marcando os dez anos das ações governamentais voltadas para o setor. Os investimentos para esse ano preveem inovações que aprimoram o desenvolvimento e as políticas públicas para o campo e deverá investir 25 milhões de reais nos próximos cinco anos, com taxa de juros na casa dos 3,5 % e prazo de até 15 anos para pagamento.

Em Rondônia o Plano foi apresentado pelo superintendente estadual do Banco do Brasil (BB), Edvaldo Sebastião de Souza, e pelo gerente de mercado do Rodrigo Nogueira, que falou das perspectivas e dos números para investimento neste ano. Segundo Nogueira dentre as conquistas para o agronegócio em 2013 estão: Alteração do prazo do penhor, que passa a ser igual ao vencimento da garantia; o fim da cédula de crédito bancário, com retorno da cédula rural pignoratícia, cujo valor é bem menor; alteração no manual de crédito rural permitindo atendimento aos posseiros que possuem o Diagnóstico de Aptidão ao Pronaf (DAP); e a parceria com a Emater no programa Minha Casa, Minha Vida Rural.

Nogueira falou ainda dos recursos viabilizados através da Feira Rondônia Rural Show, realizada em maio deste ano, pelo governo estadual, em Ji-Paraná. Segundo ele, o Banco do Brasil movimentou 100 milhões de reais em negócios durante a feira, através das linhas de crédito oferecidas pela instituição. “Destes 100 milhões de reais, 60 milhões já estão liberados, já estão na conta do agricultor”, disse o gerente.

Agricultura Familiar

Uma das maiores novidades do Plano Safra 2013-2014 está no incremento ao Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A principal linha de crédito para investimento e custeio do pequeno agricultor terá recursos na casa dos 21 milhões de reais.

O secretário executivo da Emater, Luiz Gomes Furtado falou das atividades da assistência técnica e extensão rural no Estado, que tem recebido especial atenção por parte do governo estadual, através da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri), em especial ao secretário, Evandro Padovani, que também se fez presente. Luiz destacou que 85% das propriedades de Rondônia são da agricultura familiar e que no Brasil, como um todo, não é diferente. “A agricultura familiar representa 10% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e 78% da mão de obra no campo”, disse.

O secretário fez coro ainda com o governador Confúcio Mouro que pediu o estreitamento da parceria e relacionamento com todas as instituições. “São instituições que tem mais de 40 anos no estado e isso, com certeza trará maior credibilidade às ações”, salientou.

Também estavam presentes ao lançamento do Plano Safra 2013-2014, deputado federal Carlos Magno; superintendente do Incra, Cleth Muniz de Brito; superintendente da Conab, Everaldo da Silva Santos; superintendente do ministério da Pesca e Aquicultura, Jenner Menezes; superintendente do Banco da Amazônia, Valdecir Tosi; presidente da Arom e prefeito de Itapuã do Oeste, João Testa; secretario municipal de agricultura de Porto Velho, Leonel Bertolin e representantes do senador Valdir Raupp, da Faperon e do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de Porto Velho.

Fonte: Wania Ressutti

Gente de OpiniãoSábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)