Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Economista chileno diz que crise econômica mundial será longa


  
Vinicius Konchinski
Agência Brasil


São Paulo - A crise econômica mundial está longe de terminar, segundo as projeções do economista chileno Gabriel de Palma. Professor da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Ele afirmou hoje (14), em São Paulo, que os “abusos” do sistema financeiro internacional terão efeitos negativos sobre a economia real por, pelo menos, mais cinco anos.

“Esta é a pior crise econômica desde 1929 e será longa. A sua característica principal será a [duração] e não a sua intensidade”, disse, em palestra no Programa Avançado Latino-Americano para o Repensamento do Macro-desenvolvimento Econômico (Laporde, na sigla em inglês), realizado na Fundação Getulio Vargas.

Para Palma, é difícil prever quando a crise vai terminar, mas se pode afirmar que ela será mais longa do que se espera, até porque nenhuma das soluções propostas até agora, na opinião do economista, é capaz de resolvê-la. “Só foram apresentadas saídas falsas.”

O economista disse ainda ser pessimista quanto aos rumos da economia no pós-crise. Segundo ele, a equipe do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama - tida como a grande esperança para a promoção das mudanças necessárias - é formada pelas mesmas pessoas que, no passado, afrouxaram a regulação dos mercados e originiram o atual problema.

“As linhas gerais da regulação do sistema financeiro norte-americano foram estabelecidas no governo de Bill Clinton. A equipe de Obama é formada pelos menos que desenharam o sistema”, afirmou.

 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)