Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

É importante ter acordo sobre incentivos fiscais em estados



Daniel Lima
Agência Brasil


Brasília - O governo ainda avalia as consequências da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que considerou inconstitucionais leis estaduais que concedem incentivos fiscais sem um acordo prévio entre todos os estados no âmbito do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Os incentivos individualmente acabam provocando a chamada guerra fiscal.

O entendimento foi confirmado ontem (1º), por unanimidade, ao se analisar 14 ações. “Pedimos para o pessoal [técnico] ver quais são. [Isso] mostra o tema que está em discussão [a reforma tributária]. Está mostrando como é importante ter um acordo sobre isso”, disse Nelson Barbosa, secretário executivo do Ministério da Fazenda e coordenador do Confaz.

Nelson Barbosa tem conduzido as discussões sobre uma reforma tributária fracionada, mais fácil de ser aprovada. No momento, o governo tem centralizado os esforços na questão da unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o que poderia acabar com a guerra fiscal, e na desoneração de tributos da folha de pagamentos das empresas.

A decisão de ontem do STF que proíbe os estados de conceder benefícios fiscais sem acordo entre todas as secretarias de Fazenda não é nova e foi confirmada no julgamento de ontem.

Nas ações julgadas pela Corte estavam sendo contestadas leis que permitiam incentivos ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nos estados do Rio de Janeiro, de Mato Grosso do Sul, São Paulo, do Paraná, Pará, Espírito Santo e do Distrito Federal.

 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)