Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Dívida pública interna em títulos sobe 3% em fevereiro e soma R$ 1,12 trilhão


Agência O GloboBRASÍLIA - O estoque da dívida pública mobiliária federal interna (DPMFI) subiu 3% em fevereiro, para R$ 1,12 trilhão, depois de ficar em R$ 1,087 trilhão em janeiro. Os dados constam de relatório do Tesouro Nacional divulgado há pouco.O aumento se deve principalmente à emissão líquida de títulos da dívida no mês, que foi de R$ 21,8 bilhões. Os juros apropriados durante o mês de fevereiro chegaram a R$ 10,34 bilhões (0,84% do estoque).Considerando as operações de swap cambial, a parcela da dívida atrelada à taxa pós-fixada Selic somou R$ 456,43 bilhões em fevereiro, ou 40,75% do total do endividamento. Esse percentual é inferior ao do mês anterior, quando as dívidas corrigidas pela Selic representavam 41,29% do total.Os papéis prefixados passaram do equivalente de 34,53% para 35,39%, correspondendo a R$ 396,33 bilhões. A parcela de títulos públicos federais atrelada a índices de preços verificou pequeno decréscimo na composição do total, saindo de 23,05% em janeiro para 22,59%, ou R$ 253,02 bilhões em fevereiro.Pelos dados do Tesouro, o governo encerrou o mês passado credor em dólar, no equivalente a R$ 11,86 bilhões, com a posição ativa dessa fatia equivalente a 1,06% do estoque da dívida mobiliária federal interna em fevereiro.(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t