Porto Velho (RO) sábado, 30 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Dívida mobiliária federal fechou setembro em R$ 1,06 trilhão


Martha Beck - Agência O Globo BRASÍLIA - A dívida mobiliária federal (em títulos públicos) aumentou 2,20% em setembro e fechou o mês em R$ 1,06 trilhão. A alta em relação a agosto foi provocada por uma emissão líquida de R$ 10,8 bilhões e também pela incorporação de juros que corrigem a dívida. Pelo Plano Anual de Financiamento (PAF) do Tesouro Nacional, o estoque da dívida deve fechar o ano entre R$ 1,13 trilhão e R$ 1,2 trilhão. A parcela do endividamento corrigida por títulos prefixados aumentou de 31,5% para 32,8% entre agosto e setembro devido a uma emissão líquida de R$ 17,3 bilhões no período. Já a participação dos papéis atrelados à taxa Selic caiu de 42,5% para 41,5% na mesma comparação. Isso porque houve um resgate líquido de R$ 6 bilhões em setembro. O percentual da dívida em títulos atualizados por índices de preços permaneceu estável em 21,5% no mês passado. A parcela da dívida atualizada pela variação da taxa de câmbio ficou em 1,99% em setembro. Já quando se consideram as operações de swap reverso - em que o governo paga juros e, em troca, recebe a variação do dólar -, a parcela da dívida exposta ao câmbio ficou negativa em 1,34%, o que significa que o governo tem agora um crédito de R$ 14,2 bilhões. O prazo médio da dívida permaneceu praticamente constante, passando de 29,8 meses em agosto para 29,7 meses em setembro. Segundo o PAF, esse prazo deve fechar o ano entre 30 e 35 meses. Já a parcela do estoque com vencimento no curto prazo (em até 12 meses) aumentou de 39,2% para 40% no mesmo período.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões