Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

De carona no dólar, roupas ficam até 8% mais baratas


Valéria Maniero, Agência O Globo RIO - Com a queda do dólar, o brasileiro está gastando menos na hora de se vestir. Nos últimos três anos, o preço das camisetas, por exemplo, já havia caído 4,4%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe). Agora, como a moeda americana segue ladeira abaixo - ontem caiu mais 1,07%, fechando a R$ 1,940 - peças de vestuário estarão ainda mais em conta. - Quando o produto importado entrar com preço mais baixo, a indústria nacional, para continuar vendendo, também terá que reduzir os valores. Nos dois casos, a queda nos preços deve ser de 5% a 8% - afirmou o economista Luis Carlos Ewald. Com isso, as roupas importadas, principalmente da China, poderão ficar mais baratas. O cliente, no entanto, deve levar em conta o alerta feito pelos órgãos de defesa dos consumidores. - É preciso ficar atento ao custo-benefício. O consumidor deve agir com cautela quando um produto estiver muito mais em conta do que a média. A qualidade e a durabilidade podem ser inferiores - orientou a advogada Ana Luisa Ariolli, coordenadora da Pro Teste.

Gente de OpiniãoDomingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)