Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Crise mundial pode levar anos até se dissipar, diz Tombini



Vinicius Konchinski
Agência Brasil


São Paulo – O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, reiterou hoje (12) o Brasil está preparado para reagir à crise financeira mundial. Segundo ele, as condições da economia do país são melhores do que as apresentadas em 2008, quando o mercado global também passou por problemas. “O Brasil tem condições de reagir caso o cenário requeira”, disse Tombini.

Em seu discurso durante um seminário promovido pelo BC em São Paulo, Tombini disse que as reservas internacionais do Brasil são maiores hoje do que em 2008. Segundo ele, a boa situação financeira dos bancos do país e o volume de depósitos compulsórios deixam o Brasil mais seguro para momentos de turbulência.

Por tudo isso, Tombini ratificou que o país está preparado. “O Brasil está preparado para ambiente global mais complexo e difícil.” Ele disse ainda que crises fiscais, geralmente, levam anos até se dissipar. Portanto, a economia global pode passar por “sobressaltos” nos próximos anos.

“[A crise da dívida] não é um processo que se resolva da noite para o dia”, disse ele. “Na trajetória de resolução, estamos sempre sujeitos a sobressaltos.”

O presidente do BC disse também que a atual crise é consequência da de 2008. Segundo ele, o esforço que os governos fizeram para ajudar os bancos há quatro anos acabou “deteriorando” a situação fiscal de alguns países.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)