Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Corte firme nos juros era necessário, diz Fecomércio


Douglas Corrêa
Agência Brasil

Rio de Janeiro – A Federação do Comércio do Rio (Fecomércio–RJ) elogiou a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) de reduzir a taxa básica de juros (Selic). O BC baixou a taxa de 10,5% para 9,75% ao ano, uma redução de 0,75 ponto percentual.

Para o presidente da Fecomércio-RJ, Orlando Diniz, “um dia depois de tomarmos ciência do grau de desaceleração da economia brasileira, não poderíamos receber outra decisão do BC. Se já era um resultado esperado, depois da divulgação do PIB [Produto Interno Bruto] desta terça-feira, o corte firme nos juros tornou-se ainda mais premente. Vivemos hoje um ambiente marcado por inflação em queda, cortes no Orçamento federal, desaquecimento de importantes economias no front internacional, crescimento doméstico acima de seu potencial, investimentos em vias de maturação e diferencial de juros como atrativo ao capital especulativo”.

Segundo Diniz, a redução acelerada dos juros é condição essencial para “ampliarmos nossa capacidade de crescer sem gerar inflação, por meio dos impulsos aos investimentos, do maior fôlego às contas públicas e pela atração de recursos internacionais voltados à economia real”.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)