Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Cooperativas da agricultura familiar em parceria com Jirau


As cooperativas que fazem parte da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (FETAGRO), foram convidadas a firmarem parceria com o Consórcio Camargo Correa responsável pela obra da Usina Hidrelétrica de Jirau para o fornecimento de alimentos ao canteiro de obras. A iniciativa tem o objetivo de valorizar o produto e a produção de Rondônia.

A reunião aconteceu na manhã da  última quarta-feira (05), no canteiro de obras da Usina, com representantes da FETAGRO, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), das cooperativas e ainda do consórcio.

João Henrique, chefe do setor de alimentação explica que a prioridade da empresa sempre foi comprar com os agricultores locais, por esse motivo, o contato. “Cerca de 95% dos produtos usados na alimentação dos trabalhadores são comprados em Rondônia. Somente em último caso que compramos fora do Estado”, conta.

Na obra são servidas mais de 30 mil refeições por dia. Ele explica que quatro fatores são importantes para fechar o acordo do fornecimento: qualidade, volume, prazo e custo. “Nós priorizamos a qualidade, mas damos muita importância ao prazo e volume, pois temos que atender a demanda no prazo determinado”.

As cooperativas, junto com a Federação, se comprometeram a realizar um levantamento dos produtos que podem ser oferecidos, discutir com os cooperados o prazo em que os pedidos podem ser entregues de acordo com que forem sendo feitos. Entre os produtos que podem ser oferecidos, Creonice Vilarim, da FETAGRO, destaca banana, mandioca, farinha, tomate, ovos e melancia. “Nós temos uma variedade boa de produtos nas nossas cooperativas. Se nos unirmos conseguimos atender aos pedidos”, afirma.

A lista de produtos que podem ser disponibilizados será enviada nos próximos 30 dias, quando será marcado um novo encontro para apresentação de amostras dos alimento. “A expectativa é boa das duas partes. Tanto nossa de aprovar os alimentos, quanto dos agricultores de fornecê-los, então nós esperamos que dê certo”, diz João Henrique.


Fonte: CUT

 

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)