Porto Velho (RO) terça-feira, 14 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Consumidor diminui procura por crédito, informa Serasa


 
Marli Moreira
Agência Brasil

O número de consumidores brasileiros em busca por crédito em junho foi 9,8% menor do que em maio e 12,6% abaixo do registrado em igual mês do ano passado, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. No acumulado do primeiro semestre, a procura caiu 5,4% sobre o mesmo período de 2013.

Os economistas da Serasa Experian avaliam que essa redução ocorreu em parte por causa dos jogos da Copa do Mundo diante dos feriados bancários em algumas capitais, e do expediente mais curto nas instituições financeiras. Outros motivos apontados por esses analistas são: a elevação dos juros sobre os empréstimos e a queda dos níveis de confiança dos consumidores.

O maior recuo na comparação de junho com maio último foi constatado nas faixas de renda mensal entre R$ 1.000 e R$ 2.000 (-10,0%). Mas as diferenças de recuos entre as faixas foram bem pequenas, ficando em 9,8% tanto no grupo de consumidores que ganham até R$ 500 quanto nos rendimentos entre R$ 500 e R$ 1.000 mensais.

Entre R$ 2.000 e R$ 5.000 mensais, a demanda foi 9,6% mais baixa e entre R$ 5.000 e R$ 10.000 houve recuo de 9,7%. Já acima de R$ 10.000, a procura caiu 9,4%.

No primeiro semestre, a diminuição foi mais expressiva entre os mais pobres com taxa de 16,7% no rendimento até R$ 500 por mês. Entre R$ 5.000 e R$ 10.000 a queda ficou em 10,1% e acima de R$ 10.000, teve recuo de 10,3%. Na faixa de R$ 2.000 e R$ 5.000, a procura caiu 6% e entre R$ 500 e R$ 1.000 por mês, houve queda de 5,4%. O menor recuo de 1,4% ocorreu entre R$ 1.000 e R$ 2.000 por mês.

A Região Centro-Oeste apresentou a maior queda 12,8% sobre maio. No Norte, houve recuo de 8,3% e no Nordeste, 12,3%. No Sudeste a procura baixou 9,3% e no Sul, 7,6%.

No comparativo do semestre, a queda mais expressiva foi registrada no Norte (-6,2%). No Sudeste (-5,9%); no Nordeste (- 4,7%); no Sul (-5,3%) e no Centro-Oeste (-4,0%).

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões