Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Cônsul peruano confirma feira internacional em agosto


Gente de Opinião

Rondônia foi escolhida como sede para a Expo Peru Amazônia 2012, a ser realizada no dia 9 de agosto. A feira internacional será realizada no Hotel Aquarius e terá a presença de centenas de empresários brasileiros e peruanos.

A informação foi confirmada nesta segunda-feira (21), em visita oficial do cônsul peruano para a região Norte do Brasil, Jesús Carranza, e do conselheiro econômico e comercial da embaixada peruana no Brasil, Antonio Castillo, ao secretário Edson Vicente, da SEDES (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Social).

De acordo com Castillo, os ministros de Estado de Comércio Exterior, Transportes e Relações Exteriores do Peru deverão participar da delegação daquele país. Do lado brasileiro, além da presença do governador Confúcio Moura, serão convidados os governadores do Acre, Mato Grosso e Amazonas para o evento.

“A Expo Peru Amazônia 2012 terá o papel de integrar os países desta região sul-americana”, explica o cônsul Jesús Carranza. “Rondônia tem posição estratégica, como âncora para a integração entre o Peru e os demais países, incluindo outros estados da porção noroeste”, afirma o secretário Edson Vicente.

Interoceânica

De acordo com o conselheiro Antonio Castillo, com a abertura da rodovia Interoceânica, as oportunidades de negócios entre os dois países deverão ser intensificadas. “Queremos provocar a interação entre as empresas de logística, de transporte e de armazenamento, através da realização de rodadas de negócios durante a Expo Peru”, defende Castillo.

Entre as oportunidades de acordos comerciais, Castillo cita as possíveis parcerias com os rondonienses. “Nós, peruanos, temos grande interesse na importação de carne de Rondônia. O Estado poderá se tornar um parceiro importante, a partir da facilidade adquirida com a ligação rodoviária”, diz Castillo. “Hoje, grande parte de nossas importações de carne saem do porto de Santos, em São Paulo”. Os peruanos também são grandes compradores de óleos de canola, girassol e soja, entre outros produtos.

Para intensificar os diversos acordos comerciais, os governantes dos dois países esperam ver solucionadas questões burocráticas que envolvem as aduanas e que representam hoje um dos principais entraves para o aumento do comércio entre Brasil e Peru. “Temos acordos comerciais importantes, muitos produtos peruanos, como os pescados, são isentos de impostos, temos amplas condições de formar grandes parcerias com o Brasil, e em especial com os rondonienses”, conclui Castillo.

Fonte: Decom

 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)