Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Construção Civil foi recordista no Sine Municipal em 2010



Aproximadamente 13 mil trabalhadores foram atendidos pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), da Prefeitura de Porto Velho, em 2010. É o que mostra o Relatório Mensal de Acompanhamento do Departamento de Emprego e Qualificação. O órgão fechou o ano de 2010 com 12.986 inscritos, o que representa um aumento de 73,6% em relação ao ano anterior.

Para o diretor do departamento, João Marcos Mendes, esse número é significativo levando-se em consideração que o Sine Municipal começou a funcionar em abril de 2009. Antes do Sine Municipal entrar em operação o número de inscritos em Porto Velho chegava a pouco mais de dois mil, de acordo com dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Para João Marcos, a implantação do Sine Municipal, trouxe um ganho importante para quem procura emprego na capital de Rondônia. “Essa iniciativa do prefeito Roberto Sobrinho foi importante porque os trabalhadores passaram a ter um órgão específico para a captação de vagas no mercado de trabalho no âmbito do município, o que não havia antes. E os números mostram que o prefeito estava certo quando decidiu se empenhar para que Porto Velho também tivesse o seu Sine”, disse.

Ainda em 2010, foram captadas um total de 7.297 vagas, disputadas pelos 9.561 trabalhadores encaminhados. Desse total, 1.881 conseguiram colocação no mercado de trabalho. A diferença entre o número de pessoas encaminhadas e o número de empregados efetivados, foi em decorrência de duas situações, de acordo com as informações do diretor do Departamento de Emprego e Qualificação do Sine Municipal. “Com as grandes obras em andamento hoje no município, a pressão por emprego passou a ser direcionada para a área da construção civil. Antes, a maior demanda vinha do comércio. Acontece que nem todas as pessoas que procuram emprego estão qualificadas para trabalhar na construção civil. E quem não preenche as exigências das empresas não consegue o emprego. Muitos vão apenas aventurar. E também, detectamos casos em que a pessoa, vem ao Sine, pega o encaminhamento para se apresentar à empresa, mas não comparece à entrevista”, explicou.

Para reduzir essa deficiência, a prefeitura através da secretaria municipal de Desenvolvimento Sócioeconômico e Turismo (Semdestur), a qual o Sine está vinculado, passou a ofertar cursos de capacitação aos trabalhadores. Os cursos também são destinados às outras áreas e não apenas para a construção civil. Em 2010, 453 trabalhadores receberam capacitação por meio das oficinas de qualificação profissional.

Com relação ao Seguro Desemprego, 6.010 pessoas foram cadastradas no sistema para receber o benefício e aproximadamente 150 Carteiras de Trabalho foram emitidas no ano passado. O número baixo de emissão da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) foi explicado pelo diretor do Departamento de Emprego e Qualificação do Sine. “No ano passado este serviço prestado à população ficou prejudicado por causa da greve dos funcionários do Ministério do Trabalho, que é o nosso parceiro. Foram oito meses de paralisação, o que comprometeu todo o nosso trabalho. Por isso o número de carteiras emitidas foi mais baixo do que esperávamos”, disse.

Fonte:  Joel Elias
 

Mais Sobre Economia - Nacional

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de

Coronavírus: Caixa anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

Coronavírus: Caixa anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

A CAIXA anuncia nesta quinta-feira (26) uma série de medidas para ajudar a combater o efeito do novo coronavírus na economia e reforçar a liquidez.

MEIs puxam recorde histórico de novas empresas em 2019 e Região Norte tem crescimento de 30,7%, o maior do país, revela Serasa Experian

MEIs puxam recorde histórico de novas empresas em 2019 e Região Norte tem crescimento de 30,7%, o maior do país, revela Serasa Experian

O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian registrou 3,1 milhões de novos empreendimentos em 2019, o maior número desde o início da séri

Gasolina: Petrobras espera que queda de preço chegue aos postos

Gasolina: Petrobras espera que queda de preço chegue aos postos

A Petrobras informou que, com uma nova redução de 15% a partir desta quarta-feira (25), o preço médio da gasolina nas refinarias passa a ser R$ 1,14