Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Conab libera R$ 1,5 milhão para a compra de castanha


A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) garantiu a compra antecipada para formação de estoque da produção de castanha-do-brasil, através da Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre (Coperacre). A operação é no valor de R$ 1,5 milhão, afirmou o superintendente da Conab no Acre, Filomeno Gomes de Freitas, ao secretário de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Lourival Marques.

Os recursos são do Programa de Aquisição de Alimentos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), na modalidade compra antecipada para formação de estoque, e permite que na próxima safra a cooperativa tenha recursos para adquirir 750 toneladas de castanhas direto do extrativista. Filomeno Gomes de Freitas fez a entrega da ordem bancária ao mesmo tempo em que era assinado o convênio.

A novidade para essa nova contratação, já pelo oitavo ano, é que uma resolução do conselho gestor da Conab decidiu que a cooperativa para ter acesso aos recursos deve ter uma participação de pelo menos 30% de mulheres extrativistas, e a Cooperacre chegou a 42%.

A Cooperacre deve pagar R$ 18 pela lata in natura da amêndoa. “É um recurso importante para que a Cooperacre consiga trabalhar ao longo do ano, comprando e estocando a castanha até que ela seja beneficiada e revendida”, explicou o secretário da Seaprof, Lourival Marques. A cooperativa trabalha com 1,5 mil famílias associadas em todo o Vale do Acre, região de incidência da castanha, mas não deixa de comprar a amêndoa de outros extrativistas, chegando a beneficiar dois mil coletores.

Segundo Manoel Monteiro, superintendente da Cooperacre, a Cooperativa, nesses oito anos que recebe o aporte da Conab para garantia da compra da safra de castanha-do-brasil, sempre fez o pagamento antecipado e em cota única. O superintendente da Conab, Filomeno Freitas, afirma que o Acre é o único Estado em que uma cooperativa acessa crédito na cota máxima e para numa única parcela.


Fonte: Agência de Notícias do Acre / Terezinha Moreira (Seaprof)

Gente de OpiniãoSábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)