Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

CNI pede a Palocci redução da carga tributária


 
Ivan Richard
Agência Brasil

Brasília - Em reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, pediu ao novo governo que tome medidas para diminuir a carga tributária, com o objetivo de aumentar a competitividade dos produtos nacionais.

Ao deixar o encontro, Andrade afirmou que é necessário reduzir os impostos que incidem nos investimentos, desonerar a folha de pagamento e unificar a legislação que trata do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que hoje varia de estado para estado. “Isso tudo vai no sentido de fazer com que o produto brasileiro fique mais competitivo e possa participar de um mercado global”, argumentou o presidente da CNI.

De acordo com Andrade, Palocci respondeu que as reivindicações estão “na pauta e na agenda do governo”. Consciente da dificuldade de aprovação de uma reforma tributária no Congresso, o presidente da CNI afirmou que eventuais medidas de desoneração da carga tributária feitas pelo Executivo já representariam um avanço. “Uma soma de medidas parciais, no final, se torna uma reforma”.


 

Gente de OpiniãoSábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)