Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

CNI diz que redução da TJLP favorece investimentos


Agência O Globo RIO - A redução da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) para 6,85% ao ano, decidida ontem pelo Conselho Monetário Nacional, incentivará os investimentos das empresas brasileiras. - O novo patamar dos juros de longo prazo é mais condizente com o ambiente de estabilidade econômica e com a trajetória declinante do risco-país. Também aproxima as condições de financiamento do Brasil às dos concorrentes no mercado internacional - disse o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Carlos Eduardo Moreira Ferreira. Essa foi a quarta redução consecutiva da TJLP, que corrige os financiamentos de longo prazo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Desde o final de 2005, a taxa caiu 2,9%, passando de 9,75% no quarto trimestre do ano passado para os atuais 6,85% ao ano. Apesar disso, Moreira Ferreira destacou que "há necessidade de esforços adicionais para diminuir o custo final do crédito no país". Ele lembrou que o custo dos financiamentos oferecidos pelo BNDES inclui, além da TJLP, a taxa de intermediação (o spread, tipicamente próximo a 3% ao ano) e a cunha fiscal, decorrente dos impostos que incidem sobre as transações financeiras. Descontada a inflação esperada nos próximos 12 meses, o custo final do crédito de longo prazo ainda se encontra em torno de 7% ao ano, uma taxa ainda elevada comparativamente aos competidores internacionais. O presidente da CNI disse ainda que é preciso melhorar as condições de acesso às linhas de financiamento do BNDES, principalmente na simplificação da burocracia que envolve a liberação dos recursos.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões