Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

CMN libera R$ 6,3 bilhões para obras de pavimentação



Wellton Máximo
Agência Brasil


Brasília – O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou o limite de crédito para empreendimentos da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Com isso, estados e municípios terão R$ 6,3 bilhões disponíveis em linhas de crédito para obras de saneamento e pavimentação.

Desse total, R$ 3,9 bilhões financiarão projetos de saneamento e R$ 2,4 bilhões serão destinados a obras de pavimentação e melhoria de vias urbanas.

Segundo o chefe da Assessoria Econômica do Tesouro Nacional, Mário Gouvêa, essa foi a primeira parcela dos R$ 23,8 bilhões em financiamentos que serão liberados para esses projetos até 2014. Por causa de uma resolução de 2001, que regulamentou a Lei de Responsabilidade Fiscal, a contratação de novos financiamentos pelo setor público precisa ser aprovada pelo CMN.

De acordo com Gouvêa, os municípios que não renegociaram suas dívidas com a União podem ter acesso ao crédito imediatamente. Os estados e as prefeituras que renegociaram seus débitos precisarão ter a capacidade de pagamento analisada pelo Tesouro Nacional para obterem o financiamento.

Segundo o assessor, as obras de pavimentação são financiadas exclusivamente pela Caixa Econômica Federal. As linhas de crédito de saneamento são oferecidas tanto pela Caixa como por outros bancos.

 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de