Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

CARNAVAL 2009: Crise financeira não prejudica a presença de turistas



Ivy Farias
Agência Brasil


São Paulo - As previsões do Ministério do Turismo para o carnaval não foram alteradas por causa da crise financeira internacional. De acordo com o ministro Luiz Barreto, o carnaval sempre teve um movimento maior de turistas brasileiros. "Os estrangeiros nunca foram o maior público nestas festividades porque não estão de férias. O carnaval sempre foi para os brasileiros mesmo", avaliou.

Segundo dados divulgados pelo Ministério, os investimentos previstos para a maior festa popular do país estão na ordem de R$ 3,44 milhões (o valor total pode aumentar até semana que vem, quando outras parcerias podem ser fechadas). "Somos parceiros dos principais carnavais do país", afirmou o ministro hoje (11), em São Paulo.

Segundo Luiz Barreto, "o carnaval já está movimentando a economia, mesmo antes de começar. São ensaios de escolas de samba, de blocos, shows, tudo isso atrai os turistas antes", disse.

O ministro do Turismo prevê que o carnaval deste ano, por cair no fim de fevereiro, será um dos melhores dos últimos anos. "A festa só começa no fim de fevereiro, o que alongou a temporada de verão. Estou muito otimista para este carnaval", afirmou.

Barreto informou que a crise financeira acarretou um crescimento de 20% do mercado interno de turismo. "Com a valorização do dólar frente ao real, o movimento aumenta por aqui, são mais brasileiros viajando", completou.

De acordo com ele, os brasileiros não são os únicos que estão procurando destinos no país por conta da crise: argentinos também estão fazendo turismo em nosso território. "Trabalhamos com um marketing forte em doze países, entre eles a Argentina e o Chile", afirmou.


 

Gente de OpiniãoSábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 24 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)