Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Caipirinha deve ser o drink oficial da Copa de 2014



Raquel Araújo

São Luís - Considerada uma bebida genuinamente brasileira, a caipirinha deve ser o drink oficial da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. A informação foi lançada durante a 15ª Expo Cachaça, que termina domingo, na Expominas, em Belo Horizonte, como evento paralelo do 5º Super Agro - considerada uma das maiores exposições agropecuárias do país.

“A ideia é que a caipirinha seja o drink oficial de boas vindas aos turistas que chegarem ao país durante a realização dos jogos olímpicos. Esperamos que esses 600 mil turistas aguardados para a Copa tornem-se os futuros ‘embaixadores’ da nossa caipirinha pelo mundo afora”, explica o diretor de Marketing da Expocachaça, José Lúcio Mendes.

Mendes calcula que, durante os dias da exposição – aberta oficialmente na última quinta-feira (02) – devem ser comercializados R$ 14 milhões entre bebidas e artigos relacionados. O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Maranhão, Cláudio Azevedo, foi convidado de honra da organização do evento e acompanhou as novidades do mercado expostas em dezenas de stands que mostram que há cachaça para todos os bolsos e paladares.

“Estamos trabalhando, desde 2005, no Projeto Alambiques do Sertão Maranhense, para profissionalizar os nossos alambiques e fazer a cachaça maranhense ter qualidade e competitividade no mercado nacional. É um mercado aberto, em franca expansão, e o Maranhão tem chances de se destacar. Por isso, estamos conhecendo boas experiências para levá-las para o Estado”, conta o secretário.

Produção

Entre as novidades apresentadas na feira, garrafas com design diferenciado, cachaças com misturas interessantes como limão e mel ou em versões em licor e chocolate. Mas os destaques do evento são as chamadas versões top de linha, envelhecidas e com blend feito por mestres alambiqueiros como Armando Del Bianco, que percorre o país capacitando produtores de cachaça.

“No mês passado, estive em São João dos Patos (MA) participando como palestrante do I Seminário da Cultura da Cana-de-Açúcar e Produção de Cachaça Artesanal no Sertão Maranhense, promovido pelo Sebrae e acredito que o estado tem grandes chances de se destacar no mercado nacional. Afinal, são mais de 70 produtores apenas na Região do Sertão maranhense”, diz Del Bianco.

O projeto do Sebrae no Maranhão atende cerca de 70 produtores de cachaça nos municípios de São João dos Patos, Sucupira do Riachão, Mirador, Colinas, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba e Pastos Bons.

Fonte: Agência Sebrae
 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)