Porto Velho (RO) quarta-feira, 1 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Brasileiros começam a perceber efeitos da crise, mostra pesquisa CNT/Sensus



Roberta Lopes
Agência Brasil
  

Brasília - Quase metade da população (44,8%) tem medo de perder o emprego e pouco mais de um terço (38,7%) conhece alguém que foi demitido por causa da crise financeira internacional, segundo revelou pesquisa CNT/Sensus divulgada hoje (30). Os índices se referem a março deste ano. Em janeiro, os percentuais eram de 34,4% e 42,7%, respectivamente.

O diretor do instituto Sensus e responsável pela pesquisa, Ricardo Guedes, disse que, em março, os brasileiros começaram a perceber os efeitos da crise. "É maior o percentual da população que teme os efeitos da crise tanto em relação ao emprego quanto em relação à renda", afirmou Guedes.

Contudo, em março, 40,1% dos brasileiros acham que o país está lidando adequadamente com a crise e 26,3% pensam que não. Grande parte da população (46,3%) acredita que o país sairá fortalecido da crise, contra 23% que acham que ficará mais fraco. Em dezembro, eram 35% os que acreditavam que o país sairia mais forte da crise e 23% os que achavam que ficaria mais fraco.

Quanto à situação do emprego nos últimos seis meses, em março, 54,5% acham que ficou pior – em março, o percentual era de 38,5%. A expectativa de que nos próximos meses o emprego cresça também caiu em março. Em janeiro 51,1% da população acreditava que o emprego fosse melhorar, mas o número caiu para 48,8% em março. Os que pensam o emprego vai piorar eram 20,3% em janeiro e agora são 22,1%.

A avaliação da renda também mostra que os brasileiros não esperam melhoras nos próximos meses: em janeiro, 23,2% achavam que a renda mensal caiu nos últimos seis meses e agora em março o percentual subiu para 32,6%. A expectativa de aumento de renda nos próximos seis meses, que em janeiro era de 51,7% da população, caiu em março para 49,2%. O número dos que esperam queda da renda nos próximos seis meses passou de 11,1% em janeiro para 14,4% neste mês.

A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 23 e 27 deste mês 2 mil pessoas das cinco regiões do país, 24 estados e 136 municípios.

 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de