Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Bradesco projeta câmbio em R$ 1,95 ao final do ano, mas vê cenário positivo para empresas


Agência O Globo SÃO PAULO - A constante valorização do real sobre o dólar não deve prejudicar o crescimento sustentável da economia brasileira, disse hoje o presidente do Bradesco, Márcio Cypriano, durante apresentação dos resultados do banco no primeiro trimestre deste ano. Segundo o executivo, que projeta uma cotação de R$ 1,95 para o dólar ao final de 2007, algumas empresas - em especial as prioritariamente exportadoras - estão deixando de ganhar mais em função do câmbio, porém poucas estão perdendo dinheiro. Vou fazer aqui um desafio: o de encontrar pelo menos dez balanços de empresas que estão tendo prejuízo , propôs Cypriano, que descartou a possibilidade de que o câmbio afete o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano. De acordo com Cypriano, as empresas que mais sofrem com o real valorizado são aquelas com a produção voltada exclusivamente para o setor externo e que não importam nenhum tipo de componente ou matéria-prima. As outras conseguem compensar o efeito do dólar barato com vendas maiores no mercado interno ou com redução de custos dos produtos comprados no mercado externo. Como um termômetro da melhora do ambiente de negócios no País, o Bradesco citou o volume de empréstimos liberados durante a Agrishow, feira do setor de agronegócios realizada em Ribeirão Preto (SP). Este ano, o banco aprovou empréstimos no valor de R$ 100 milhões durante o evento, ante R$ 40 milhões no ano passado. O setor agrícola foi um dos afetados pela valorização do dólar há cerca de dois anos, afirmou Cypriano. Ao iniciar a apresentação dos resultados do banco, o executivo elogiou a situação econômica do país. Há uma percepção mais clara da retomada da atividade, com recuperação da confiança empresarial, baseada na queda dos juros e na estabilidade dos preços , disse Cypriano.O Bradesco encerrou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido de R$ 1,705 bilhão, o que representa um crescimento de 11,43% sobre o mesmo período de 2006. (Murillo Camarotto | Valor Online)

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)