Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Bens de capital puxam queda da indústria em novembro


Vinícius Lisboa
Agência Brasil

Rio de Janeiro - A queda de 0,2% na produção industrial brasileira em novembro, na comparação com outubro, foi concentrada na indústria de bens de capital, divulgou hoje (8) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Enquanto as outras categorias de uso tiveram alta, a de bens de capital sofreu retração de 2,6%, eliminando parte do ganho de 6,3% acumulado entre agosto e outubro.

A categoria de uso que teve maior crescimento foi a de bens intermediários, em que a variação registrada chegou a 1,2%. Cresceram também os bens de consumo (0,5%) – tanto os duráveis quanto os semiduráveis e os não duráveis apresentaram alta de 0,3%.

Quando a comparação é feita com o mesmo mês de 2012, a situação se inverte. Os bens de capital crescem 9,6%, os intermediários, 1,3%, e os de consumo registram queda de 2,2%, concentrada mais nos bens de consumo duráveis (-4,1%) do que nos semiduráveis e não duráveis (-1,6%).

A indústria de bens de capital também lidera as duas modalidades de crescimento acumulado. Nos 11 meses de 2013, o avanço chega a 14,2%, enquanto nos últimos 12 meses, o que também inclui dezembro de 2012, a alta alcança 11,6%.

Os bens intermediários não cresceram no acumulado de 12 meses. Já no ano de 2013, o comportamento também foi praticamente estável, com 0,2% de alta.

Os bens de consumo não tiveram variação em 2013 e registraram queda de 0,1% em 12 meses. Os resultados negativos foram registrados nos bens semiduráveis e não duráveis, com -0,4% nas duas taxas acumuladas. Os duráveis cresceram 1,2% em 2013 e 0,8% em 12 meses.

Mais Sobre Economia - Nacional

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is