Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Belluzzo diz que economia tem capacidade de reagir, mas não descarta recessão



Ivy Farias
Agência Brasil

São Paulo - Apesar de estar hoje em uma posição diferente, se comparada com com sua situação nas crises anteriores, o Brasil ainda não está livre de uma possível recessão em 2009. A afirmação foi feita hoje (10) pelo economista Luiz Gonzaga Belluzzo, durante encontro na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

"Nossa capacidade de reação muito superior à de antigamente não impede que a crise nos atinja: a recessão faz parte do leque de possibilidades para 2009, tudo depende das próximas atitudes político-econômicas do governo", afirmou Belluzzo. Ele disse que o governo tem olhado para o retrovisor e recomendou: "Devemos olhar para a frente."

"Os sinais para 2009 não são bons por conta da drástica redução de crédito. Os consumidores estão muito tímidos, porque as condições pioraram e os empresários estão tomando medidas cautelosas porque não sabem o que esperar dos consumidores."

Segundo o economista, uma possível recessão não é necessária, e o atual momento deve ser de "adaptação das mentalidades à nova era".

"Cabe ao governo mudar o sinal: é preciso ser prático e adotar as políticas que são tomadas no mundo inteiro", completou Belluzzo. Para ele, cabe ao Estado estimular o crédito do mercado interno, seja fazendo investimentos públicos para aquecer a economia e promover o crédito. "Aumentar gastos não produz, necessariamente, um efeito inflacionário", concluiu.


 

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)