Porto Velho (RO) sexta-feira, 24 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

BB começa a oferecer crédito imobiliário


Luciana Calaza - Agência O GloboRIO - O Banco do Brasil está pronto para disputar espaço no mercado de crédito imobiliário. O acordo operacional firmado com a Associação de Poupança e Empréstimo (Poupex) para a oferta de linhas de financiamento imobiliário tem início a vigorar nesta segunda-feira - quando as agências do Banco começam a receber propostas dos clientes no Distrito Federal e de seus funcionários em todo o país. Depois de um mês, a oferta será estendida para clientes de todo o país.A expectativa de desembolsos para 2007 é da ordem de R$ 650 milhões, o que representa volume de 10 mil contratos, com tíquete médio de R$ 65 mil. As taxas das linhas da Poupex disponíveis nas agências do BB vão variar de 10,49% a 12% ao ano, de acordo com o valor a ser financiado.O valor do empréstimo pode chegar a 80% do valor do imóvel e o prazo de pagamento é de 180 meses. Os financiamentos têm correção pela TR e vão contar com tarifas e taxas operacionais bastante competitivas. O BB vai operar com duas linhas para pessoa física - uma para aquisição de imóveis novos e usados e outra para construção de imóveis -, e duas para pessoas jurídicas: uma de financiamento à produção, destinado às construtoras e incorporadoras - além de uma linha para aquisição de imóveis.

Mais Sobre Economia - Nacional

Pequenas indústrias voltam a crescer + MEI 2020: Veja o que mudou

Pequenas indústrias voltam a crescer + MEI 2020: Veja o que mudou

Simpi/Datafolha: Pequenas indústrias voltam a crescerO Indicador de Atividade da Micro e Pequena Indústria divulgado nesta sexta-feira (17), mostra qu

6 vantagens em se tornar um revendedor da Amazon

6 vantagens em se tornar um revendedor da Amazon

Máquina de cartão de crédito, espaço físico, CNPJ: essas coisas são necessárias para quem deseja ser um revendedor da Amazon? Adiantamos que algum

Polêmica da energia solar + Mais de 3500 empresas de Rondônia foram excluídas do Simples Nacional

Polêmica da energia solar + Mais de 3500 empresas de Rondônia foram excluídas do Simples Nacional

Polêmica da energia solarA tecnologia para geração de energia solar fotovoltaica continua evoluindo e está ficando cada vez mais acessível aos brasile

Redução nos valores do DPVAT, defendida pela AGU, é aceita pelo presidente do Supremo

Redução nos valores do DPVAT, defendida pela AGU, é aceita pelo presidente do Supremo

O pedido de reconsideração que a Advocacia-Geral da União (AGU) fez ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o DPVAT foi aceito nesta quinta-feira, dia