Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Banco Central recolhe R$ 91 milhões



Kelly Oliveira
Agência Brasil


Brasília - O Banco Central (BC) recolheu, entre os dias 5 e 8 deste mês, R$ 91 milhões em depósitos compulsórios sobre a posição vendida de câmbio das instituições financeiras. Essa posição indica a aposta dos bancos em relação à queda do dólar no mercado à vista. O depósito compulsório - recursos que os bancos são obrigados a depositar no BC - é recolhido em espécie e não é remunerado.

Em janeiro deste ano, o BC determinou o recolhimento para reduzir as apostas em relação à queda do dólar, uma vez que em dezembro a posição vendida dos bancos estava em R$ US$ 16,8 bilhões, um nível considerado alto. A medida entrou em vigor em abril, mas desde então não havia sido registrado recolhimento de dinheiro, já que as instituições estavam respeitando o limite estabelecido pelo BC. O recolhimento é de 60% sobre o valor da posição vendida de câmbio que exceder US$ 3 bilhões ou o montante equivalente ao patrimônio da instituição financeira.

Na última sexta-feira (8), o BC alterou a medida, ao reduzir o limite de posição vendida de US$ 3 bilhões para US$ 1 bilhão. Segundo a circular do BC, a medida produzirá efeitos “a partir do período de cálculo, com início no dia 11 de julho de 2011”. O valor do recolhimento é feito com base no cálculo da média móvel dos últimos cinco dias. Portanto, os dados divulgados hoje (13) pelo BC ainda não contemplam o novo limite.

Como justificativa para a redução do limite da posição vendida, o BC informou que a intenção é “melhorar o funcionamento do mercado de câmbio à vista e reduzir as posições vendidas do sistema que em junho de 2011 alcançaram o valor de US$ 14,7 bilhões”.

 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)