Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Arrecadação total de impostos federais bate recorde no primeiro trimestre: R$ 102,7 bilhões


Agência O Globo BRASÍLIA - A arrecadação total de impostos e contribuições federais atingiu R$ 102,768 bilhões de janeiro a março, o que representa um crescimento real de 10,16% em relação a 2006. Com a correção pelo IPCA, o montante sobe a R$ 103,194 bilhões. Os valores são recorde para um primeiro trimestre. As informações são do secretário-adjunto da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. Só em março, a sociedade recolheu R$ 33,601 bilhões aos cofres públicos, alta de 11,78% sobre o mesmo mês em 2006 e também um recorde para o período. No acumulado do ano, foram R$ 136,8 bilhões. Mas mesmo com uma arrecadação tão expressiva, o governo ainda não sabe como fazer novas desonerações para socorrer setores prejudicados pelo câmbio. Barreto informou que, por orientação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, a equipe econômica estuda medidas para reduzir o custo dos investimentos para empresas que registram perdas com a excessiva valorização do real em relação ao dólar. No entanto, a margem para renúncia, segundo o secretário. Barreto pondera que o governo também poderia desonerar a folha de pagamento das empresas que são intensivas em mão-de-obra. É o caso, por exemplo, do setor têxtil, que tem sido fortemente prejudicado pelo câmbio. Porém, o secretário lembrou que a renúncia com esse tipo de medida - que faria com que a contribuição previdenciária passasse a incidir em parte sobre a folha e em parte sobre o faturamento das empresas - é muito elevada, o que dificulta sua implementação.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)