Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Arrecadação da Receita bate recorde em janeiro


Martha Beck - Agência O GloboBRASÍLIA - A arrecadação de impostos e contribuições federais somou em R$ 38,577 bilhões em janeiro. O resultado, que representa um crescimento real de 10,51% em relação ao mesmo período em 2006, é recorde para o primeiro mês do ano.Entre os tributos que contribuíram para o bom resultado estão o Imposto de Importação e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) vinculado às importações, que registraram aumentos de 12,59% e 17,56%, respectivamente. Já a arrecadação do Imposto de Renda da Pessoa Física aumentou 62,49% sobre janeiro de 2006. Isso se deveu a recolhimentos sobre ganhos de capital na venda de bens, como imóveis, que subiram 316% em relação a 2006. Segundo Barreto, porém, isso foi pontual. - Foram algumas operações de venda, mas de bens de alto valor - disse ele.A arrecadação de janeiro também foi reforçada pelo pagamento de débitos atrasados por meio do Refis 3 (programa de refinanciamento de dívidas tributárias e previdenciárias) e da devolução de recursos ao Tesouro Nacional por conta de restituições não pagas pela rede bancária no valor de R$ 185 milhões. Esses recursos, que se enquadram na categoria Outras Receitas Administradas, tiveram aumento 94,82% sobre 2006. Somente o Refis 3 resultou numa receita extra de R$ 114,3 milhões em janeiro.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t