Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Amazon Business expõe produtos de Rondônia para o mercado internacional


 Amazon Business  expõe  produtos de Rondônia para o mercado internacional - Gente de Opinião


Ana Aranda


Empresários rondonienses interessados em exportar produtos exóticos da Amazônia - produzidos com madeira, frutas, óleos e outros componentes típicos da região - podem conferir o site da Amazon Business no Canadá e Estados Unidos -http://www.simpi.ca.intl-expo.com/- onde se encontra um leque de opções para venda no mercado internacional. O site integra o sistema de exportação, que também inclui negócios de importação para revenda em lojas rondonienses, projetado pela Feempi (Federação da Micro e Pequena Empresa de Rondônia), Simpi (SindicatoAmazon Business  expõe  produtos de Rondônia para o mercado internacional - Gente de Opinião da Micro e Pequena Indústria) e  FACER – (Federação das Associaçoes  Comérciais e Empresariais) para alavancar os negócios do Estado. Para participar, os interessados devem estar filiados a uma destas instituições, que possuem representantes em todo o Estado.

O presidente da Facer, Gerson Szezerbatz Zanato, explica que "exportar é bem mais fácil do que muita gente pensa". Pelo sistema proposto pelo grupo empresarial, está previsto o uso de containers solidários, que permitem a participação de pequenas indústrias, que dispõe de estoques reduzidos, e até os correios pelo programa “Exporta Fácil”.  A Central de Vendas Amazon Business, ligada ao Simpi intermedia os negócios no mercado internacional, oferecendo toda a logística necessária. O sistema visa a venda direta ao consumidor final - e também a importação de confecções e outros produtos destes dois países – com aquisição direta dos fabricantes estrangeiros para revenda de produtos de boa qualidade, com preços competitivos, no varejo de Rondônia.

No Canadá  e  Estados Unidos, os produtos adquiridos são pagos de forma antecipada, por agentes financeiros locais, "facilitando os negócios, principalmente para os pequenos empreendedores", considera Leonardo Sobral. Ele ressalta que  o pequeno industrial ou artesão exportador  não precisará  pagar nada, pois as comissões e  impostos ficam a cargo do comprador. No Brasil, o sistema proposto pelo grupo chamou a atenção da Caixa Econômica Federal, que oferece uma linha especial de crédito para exportação. "Consideramos que o mercado internacional representa uma excelente alternativa de negócios diante do cenário econômico interno atual", explica o gerente regional da Caixa em Rondônia, João Paulo dos Santos, que recentemente participou de uma reunião na sede do Simpi, em Porto Velho, para tratar deste assunto.

O grupo empresarial está organizando reuniões de negócios de empresários rondonienses, canadenses e norte-americanos que serão realizadas no escritório da Amazon Business, localizada em Tampa Bay, na Costa Oeste da Flórida, nos Estados Unidos.  A Amazon Business é uma empresa americana coligada à empresa brasileira Amazon Business Export com representações em 12 países da Europa e Ásia e América do Norte e, tem como coordenadores, junto ao Simpi, os agentes de negócios para os Estados Unidos, Larry Mattacchione. Sr, e Joseph Citrigno, para o Canadá .

Leonardo Sobral informa que "a Amazon Business já intermediou inúmeros negócios de produtos rondonienses no mercado internacional e com esta experiência está apto a orientar os nossos empresários para a exportação" . Ele convida os interessados a procurarem a Feempi, o Simpi e a Facer para a se inteirarem melhor sobre o assunto. "O mercado internacional valoriza os produtos da Amazônia que aliam qualidade à sustentabilidade social e ambiental e representa uma porta aberta de boas oportunidades para os nossos empresários", considera.
                                                        

UNITED CANADA BUSINESS - UNITED COMMODITIES CENTER

simpi.ca.intl-expo.com

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de